Busca

O Adiador

Seu Jornal de Ontem

“O Deserto dos Tártaros:” literatura, propósito, carreira.

“O deserto dos Tártaros” é a grande obra do escritor italiano Dino Buzzati. Nascido em Belluno em 16 de outubro de 1906 e falecido em Milão em 28 de janeiro de 1972, Dino Buzzati era formado em direito, mas dedicou-se ao jornalismo. Trabalhou sempre no mesmo jornal, o “Corriere dela Sera”, e viveu sempre na mesma cidade, Milão.

O deserto dos tártaros

Continuar lendo ““O Deserto dos Tártaros:” literatura, propósito, carreira.”

A COZINHA VENENOSA: um jornal contra Hitler.

Este livro de Silvia Bittencourt abre caminho para uma reflexão sobre a resistência alemã na imprensa contra o regime nazista. O livro trata do periódico Münchener Post, que durante as décadas de 20 e 30 do século XX combateu Hitler e seus correligionários durante a ascensão do regime nazista.

A cozinha venenosa

Continuar lendo “A COZINHA VENENOSA: um jornal contra Hitler.”

Reencontro inesperado: crônica de Johann Peter Hebel

Reencontro inesperado é uma crônica belíssima. “A mais bela história do mundo”, segundo Ernst Bloch.

velhinhos amor
Aquilo que a terra concedeu mais uma vez, não irá pela segunda vez guardar.

Continuar lendo “Reencontro inesperado: crônica de Johann Peter Hebel”

#DicaDeSérie: Ash vs Evil Dead

Ash vs Evil Dead é uma série derivada do filme “Uma noite alucinante (The Evil Dead)”, clássico dos anos 80. Conta a história de cinco estudantes da Universidade de Michigan que vão passar um final de semana em uma cabana isolada nos bosques do Tennessee. Na cabana, encontram o livro dos mortos (necronomicon) e junto dele um gravador, com algumas passagens do livro traduzidas, que lidas despertaram os espíritos adormecidos do bosque.

poster ash vs evil dead

Continuar lendo “#DicaDeSérie: Ash vs Evil Dead”

Devolvam nossas músicas!

E então acaba. Devolvemos coisas, pegamos o que está com o outro e pronto. Mas não acaba aí. Há impressões que ficam, gestos, perfumes, som da voz, manias, músicas. Sim, músicas, e elas nos são roubadas. Todo casal tem a “sua música”, quando não a “sua banda”. Los Hermanos, Coldplay, são bandas de muitos casais.

amor e bonecos

Continuar lendo “Devolvam nossas músicas!”

Júpiter Maçã: o Beatle porto-alegrense.

Flávio Basso, conhecido como Júpiter Maçã, é o maior nome do Rock Gaúcho. O Rio Grande do Sul produziu grandes bandas de rock, como: Replicantes, Garotos da Rua, Engenheiros do Hawaii, TNT, e Os Cascavelletes. Flavio Basso era vocalista do TNT, banda da qual saiu em 1985 e fundou Os Cascavelletes. Um rock moleque, desbocado, que mais tarde ficou conhecido como pornô rock.

Os Cascavelletes

Continuar lendo “Júpiter Maçã: o Beatle porto-alegrense.”

Paris é uma Festa!

Paris é uma Festa (Civilização Brasileira, 1978, 204 páginas), do escritor norte-americano Ernest Hemingway, chegou em minhas mãos no tempo certo. Encontrei-o na Biblioteca Municipal de Limeira, e como já havia lido O Velho e o Mar e gostado muito, resolvi folhear suas primeiras páginas. Ganhou-me na contracapa, onde Hemingway escreve a um amigo:

Se você teve a sorte de viver em Paris, quando jovem, sua presença continuará a acompanha-lo pelo resto da vida, onde quer que você esteja, porque Paris é uma festa móvel.

De Ernest Hemingway a um amigo, 1950.

Hemingway

Continuar lendo “Paris é uma Festa!”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑