Ash vs Evil Dead é uma série derivada do filme “Uma noite alucinante (The Evil Dead)”, clássico dos anos 80. Conta a história de cinco estudantes da Universidade de Michigan que vão passar um final de semana em uma cabana isolada nos bosques do Tennessee. Na cabana, encontram o livro dos mortos (necronomicon) e junto dele um gravador, com algumas passagens do livro traduzidas, que lidas despertaram os espíritos adormecidos do bosque.

poster ash vs evil dead

Dos cinco amigos que estavam na cabana, apenas Ash (Bruce Campbell) sobrevive, tendo ainda que matar sua namorada possuída, e amputar a própria mão. Ash passa a combater demônios e mortos-vivos com uma motosserra e uma espingarda calibre 12.

Ash_Williams

Escrito e dirigido por Sam Raimi, o filme teve duas sequências: Evil Dead II (1987) e Army of Darkness (1992). Em 2013 foi gravado um remake dirigido por Fede Alvarez, “A morte do demônio (Evil Dead)”. A cabana estava lá, o livro necronomicon e a motosserra, também; mas sem seu protagonista, a história envolvia outros personagens. Um remake razoável, apenas. Bem distante da trilogia anterior.

Recentemente vi o trailer anunciando o seriado, saltei da cadeira: – Porra, isso vai ser foda! E é mesmo! Terror e trash, divertido e assustador, violento, grotesco, punk, foda! Um clássico, nostálgico. Com muito sangue e piadinhas cretinas, Ash vs Evil Dead é imperdível!

Na sequência para a TV, do canal Starz, Bruce Campbell retorna ao papel de Ash. Décadas depois do ocorrido na cabana, fora de forma e evitando responsabilidades, trabalha como estoquista numa loja de eletrodomésticos. Em uma noite, chapado, leu passagens do livro dos mortos a uma garota que tentava impressionar. O bastante para trazer os espíritos de volta, em busca do livro.

A trilha sonora conta com Whitesnake, AC/DC, Alice Cooper, Deep Purple, etc. O décimo e último episódio da primeira temporada foi exibido no dia 2 de janeiro de 2016, tendo a série já sido renovada para a segunda temporada. “Uma temporada não é suficiente para satisfazer o apetite dos fãs, de duas longas décadas, por mais Ash”, observou o diretor do Starz, Carmi Zlotnik.

ash.gif

Anúncios